A nossa equipa

← de volta a todos os membros

Nina Kantcheva

Assessor Político Sénior, Povos Indígenas e Comunidades Locais (IPLC) - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)

Como Conselheira Política Sénior para o Envolvimento dos Povos Indígenas e Comunidades Locais, Nina trabalha para determinar como UN Biodiversity Lab pode ser útil aos IPLCs e como apoiá-los na produção dos seus próprios dados através do reforço da capacidade, ferramentas e tecnologia, respeitando os princípios da soberania dos dados. Isto pode incluir a avaliação das necessidades relacionadas com dados e capacidade, e a organização e prestação de formação relacionada com drones, GPS, e outras tecnologias. Em termos do projecto, Mapeamento da Natureza para Pessoas e Planeta, o trabalho de Nina está relacionado com a garantia de que os IPLC fazem parte do processo ELSA, e que as suas terras e territórios são considerados no desenvolvimento de políticas relacionadas com a natureza, o clima e o desenvolvimento sustentável.


Experiência e conhecimentos prévios

Nina Kantcheva é a Conselheira Política Sénior sobre o Envolvimento do IPLC no Programa Global do PNUD sobre a Natureza para o Desenvolvimento, supervisionando também o envolvimento dos IPLC na Declaração de Nova Iorque sobre Florestas. Com muitos anos de experiência no PNUD, trabalhando primeiro com a Iniciativa do Equador e depois com o Programa UN-REDD, Nina procura assegurar que as prioridades, necessidades e soluções dos constituintes do IPLC do PNUD, tais como os vencedores do Prémio Equador, sejam reconhecidas e escalonadas, ajudando a informar a política. Nina é também a co-fundadora da Tushevs Aerials, uma iniciativa para democratizar a tecnologia dos drones que inclui a concepção, construção, processamento de dados e capacitação dos povos indígenas, comunidades locais, organizações e indivíduos para a utilização de drones para objectivos ambientais e humanitários. Nina também tem sido uma conselheira estratégica da Tribal Link Foundation, uma organização sem fins lucrativos que ajuda a desenvolver a capacidade dos povos indígenas de defender nas Nações Unidas.

Dada a sua vasta experiência na ONU e em organizações sem fins lucrativos, Nina pretende utilizar o seu acesso privilegiado para ser uma aliada e abrir espaço político para vozes essenciais mas marginalizadas, como as dos povos indígenas e comunidades locais, e mulheres de base. Compreendendo que não podemos resolver as emergências planetárias das alterações climáticas e da perda de biodiversidade sem o seu conhecimento, experiência e tomada de decisões, Nina trabalha para estabelecer e apoiar iniciativas e reuniões que colocam as necessidades e prioridades dos povos indígenas e comunidades locais no centro. Nina, nascida e criada na Bulgária, vive em Nova Iorque com a sua família.